Provavelmente algum filho ou amante desta terra deixou este recado, curto, mas sugestivo, em nossa caixa postal.

Somos terra de Plínio Marcos, com sua obra presente em cada rua que andamos. Temos as frases de Pagu nos cantos e recantos, incomodando os mais tradicionais. A irreverência cinematográfica permanente dos títulos exibidos por Maurice Legeard. O reconhecimento das ações do movimento cultural liderado por Toninho Dantas.

O número sugere a brincadeira regional, mas reconheçamos o nosso compromisso.

O Curta Santos 013 vem a este propósito, de escuta do recado deixado. E abre espaço para essas leituras artísticas, celebrando ou criticando a condução atemporal desta nossa terra.

E quem estará do outro lado da linha para atender esta provocação é o audiovisual realizado aqui, com suas dúvidas, discursos, registros sobre a sua cidade. Olhares que revelam diferentes formas de identificar o seu habitat.

Nosso berço praiano merece um novo recomeçar, algumas barreiras devem ser destruídas para que se ergam novos modelos de construção e reconstrução. Sejamos contemporâneos ao que aprendemos com a história passada. E vamos resignificá-la.

Hoje, nós - artistas e cidade - temos diálogo?

Acreditamos que em toda relação existam certos momentos. Vivenciamos os contrastes. E por vezes percebemos que a Terra da Caridade e da Liberdade torna-se a Terra do Não.

Precisamos, então, estreitar estes laços. E uma das estratégias é a aproximação, para nos conhecermos, confiarmos e reinventarmos.

Por isso, durante toda a nossa programação, o público será o protagonista. As atividades serão direcionadas, com livre entrada nas sessões competitivas e especiais, nas oficinas e nas exibições ao ar livre seguidas de apresentações artísticas.

Santos respirará cinema. E você é aguardado para colaborar com este processo de mudança.

O convite está lançado.

Jurados

O crítico Cássio Starling Carlos, a atriz e diretora Eliana Fonseca e o roteirista e diretor Daniel Chaia terão a responsabilidade de avaliar, selecionar e premiar os curtas-metragens das categorias Olhar Brasilis e Olhar Caiçara do 13º Curta Santos

Oficinas

Nesta edição, o Curta Santos realiza três oficinas voltadas para artistas, realizadores, estudantes de cinema e apreciadores do audiovisual. As atividades são gratuitas, mediante inscrição prévia e seleção, com número limitado de vagas.

Wagner Parra

Sergio Bianchi